Search
Close this search box.
Edit Content
Click on the Edit Content button to edit/add the content.

MEI em 2024 tem atividades excluídas do simples nacional e choca empreendedores

Atualmente, mais de 15 milhões de pessoas atuam como MEI, desfrutando de benefícios como formalização, acesso a crédito, emissão de notas fiscais e benefícios previdenciários. Apesar das exclusões de algumas atividades, o crescimento do MEI em 2024 ainda é promissor.

Quais atividades foram excluídas?

A partir de 2024, algumas atividades não poderão mais ser registradas como MEI. Entre as mais relevantes, estão:

  • Adestrador de aves/animais;
  • Alinhador de pneus;
  • Aplicador agrícola;
  • Arquivista (de documentos);
  • Balanceador (de pneus);
  • Banhista de animais (domésticos);
  • Coletor de resíduos;
  • Comerciantes de fogos de artifício;
  • Comerciante de GLP (Gás Liquefeito de Petróleo);
  • Comerciantes de medicamentos veterinários, produtos farmacêuticos homeopáticos e produtos sem manipulação de fórmulas;
  • Contador (e técnico contábil);
  • Coveiro;
  • Dedetizador;
  • Editor (de jornais);
  • Fabricante de absorventes;
  • Fabricante de águas (naturais), desinfetantes, produtos de limpeza, perfumaria, higiene pessoal, detergentes e sabões.

O que fazer se minha atividade foi excluída?

Se você atua em alguma das atividades excluídas, é fundamental consultar a lista oficial e atualizada para entender para qual categoria migrar e permanecer dentro das novas regras do MEI em 2024.

Adaptação e Oportunidades:

Embora as mudanças tragam desafios, elas também abrem novas oportunidades para os empreendedores.

  • Flexibilidade e Resiliência: O espírito empreendedor dos brasileiros se destaca pela capacidade de se adaptar e buscar soluções.
  • Novas Modalidades: A busca por outras modalidades de registro empresarial pode ser a alternativa ideal para alguns casos.
  • Consultoria Especializada: Buscar orientação profissional é fundamental para navegar pelas novas regras e tomar decisões estratégicas para o negócio.

 

Assim, para os atuais e futuros empreendedores, o momento é de avaliar estrategicamente as possibilidades, buscar conhecimento sobre as alterações nas regulamentações e, acima de tudo, manter a visão empreendedora para aproveitar as oportunidades que surgem, seja no âmbito do MEI ou em outras modalidades empresariais, sempre visando o crescimento e a consolidação dos seus empreendimentos no mercado.

Nos siga nas redes sociais

Últimas postagens do Instagram

Está gostando do conteúdo? Compartilhe

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Telegram